Receba conteúdo exclusivo
sobre Transformação Digital
COMPARTILHE
  • O dia em que fiquei frente a frente com Barack Obama, compartilhar no facebook.
  • O dia em que fiquei frente a frente com Barack Obama, compartilhar no facebook.
  • Compartilhar por e-mail
O dia em que fiquei frente a frente com Barack Obama
15/06/2022

15 de junho de 2022 foi o dia que estive frente a frente com uma das maiores personalidades da Era Moderna, ninguém menos do que o 44º presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ganhador do Prêmio Nobel da Paz.

Neste dia, participei, como convidado de honra, de um bate papo entre a Silvia Avilés Giraud, fundadora do #DES2022, e Barak Obama, no palco principal do evento. Ao contrário do acontece em muitos eventos, ao invés de uma palestra, foram em torno de 10/12 perguntas, que o presidente respondeu com muita propriedade gerando vários #insightstransformadores para todos os presentes e quero replicar alguns aqui nesta newsletter.

Barack Obama analisou os grandes desafios que o mundo enfrenta hoje em termos de digitalização, transparência e sustentabilidade, e a aceleração das mudanças que estamos vivenciando graças à tecnologia.

“Não devemos esquecer que os smartphones têm apenas 12 anos, mas quando você vai a qualquer cidade pequena todo mundo tem um. Nunca vimos uma mudança tecnológica tão grande e rápida”, destacou. Uma mudança que nos levou a ser um mundo conectado de que “ as redes sociais são um bom exemplo como a informação flui, mas também como essa informação pode ser tóxica”.

Barack Obama também falou sobre a importância do setor de tecnologia no desenvolvimento social e econômico. “ Se uma empresa cresce, ela pode contratar pessoas diretamente e terá a capacidade de investir e buscar alianças de negócios ”, declarou. 

Obama também defendeu a digitalização da indústria porque, em suas palavras, “a robotização é o que vai reduzir o trabalho repetitivo e tedioso que não requer transformação ou criatividade”. Ter boas universidades e um ecossistema de capital de risco foram as duas receitas que o ex-presidente americano indicou aos participantes para desenvolver um tecido tecnológico forte. Além disso, destacou que para estimular o ecossistema empreendedor é fundamental estar disposto a correr riscos, e que uma boa gestão de riscos é o que trará projetos inovadores e novos modelos de negócios.

A chave atual são todas as  dimensões da sustentabilidade: ambiental, social e de governança.

Ambiental, Social e Governança são três elementos já localizados nas estratégias empresariais e que estão causando uma mudança nos processos internos das empresas, na definição do que são elas mesmas e na mensuração e relato do impacto que sua atividade tem na sociedade. E, portanto, a Transformação de Negócios hoje deve ser uma Transformação Digital Sustentável e, claro, Data Driven.

Para facilitar a leitura, vou colocar como tópicos algumas questões e as “respostas” do presidente:

INFORMAÇÃO NA ERA DIGITAL
As redes sociais são um dos melhores exemplos de conectividade do mundo, mas a informação muitas vezes é tóxica. O impacto na sociedade tem sido desproporcional e tem causado mais efeitos negativos do que positivos, pois as regras não beneficiam as comunidades carentes nem as Micro e Pequenas Empresas do mundo todo.

DESIGULDADE
Temos que promover um capitalismo inclusivo que reduza as desigualdades sociais.

EMPREGO & NOVAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
A automação vai reduzir os trabalhos que não exigem criatividade. Temos que reimaginar como distribuir o trabalho, treinando as pessoas com novos conhecimentos e novas competências. 

A tecnologia traz mudanças e novas formas de trabalhar que devemos estar preparados para enfrentar. “ É hora de repensar como redistribuir o trabalho e teremos que fazer ajustes sociais e políticos para nos adaptarmos à nova realidade que está por vir. Precisamos treinar mais as pessoas, pagá-las mais por trabalhos que não podem ser automatizados ." “ É hora de conversar sobre a jornada de trabalho de 4 dias, porque as coisas estão acontecendo muito rapidamente.”

Um bom exemplo de oportunidade para empreendedores é combinar ciência e aprendizagem digital para transformar as empresas,

AMBIENTES DE INOVAÇÃO
Aqui, a pergunta que vale um milhão de dólares. Na verdade, o que vale 1 milhão de dólares foi a resposta.

Por que nenhum país conseguiu construir um Ecossistema de Inovação igual ao do Vale do Silício?

A resposta do Barack Obama, mostra porque ele é considerado uma das maiores personalidades da história moderna.


“Nos Estados Unidos temos uma cultura de vamos fazer para ver se funciona. O resto do mundo precisa entender que é necessário haver uma política de estado para que o fracasso não leve o empreendedor à falência”.
 

O FUTURO
Obama ainda destacou o papel das gerações jovens no mundo atual e futuro.


“Os problemas de que estamos falando hoje não serão resolvidos em nossa curta vida, então devemos preparar a próxima geração para fazê-lo.” 



E sublinhou que


“o mais importante que podemos fazer hoje é encorajar e acompanhar as novas gerações rumo à liderança. Em todo o mundo vejo jovens muito preparados e minha mensagem para eles é: estou aqui para ajudá-los. As gerações jovens estão cada vez mais inovadoras e têm uma visão de mundo mais holística e inclusiva.”


Autor: Paulo Kendzerski

Presidente do Instituto da Transformação Digital - ITD
Conselheiro Certificado de Gestão e Inovação
Membro do Enterprise Europe Network
CEO da agência WBI ON LIFE, desde 2000
Conselheiro no COMCET – Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia de Porto Alegre/RS
Especialista na construção de Ecossistema de Negócios
Consultor em mais de 500 projetos de inovação
Prêmio "Campanha Destaque Google 2015”
Autor do livro "Web Marketing e Comunicação Digital” (2 edições – 2005 e 2009)
coautor do livro "Impressão Digital. A tecnologia a serviço da Comunicação
coautor do livro “Gigante de Vendas.

Últimas Transformações

Edital de Inovação
15
Abril