Receba conteúdo exclusivo
sobre Transformação Digital
COMPARTILHE
  • A Morte dos negócios que não participarem da Transformação Digital, compartilhar no facebook.
  • A Morte dos negócios que não participarem da Transformação Digital, compartilhar no facebook.
  • Compartilhar por e-mail
A Morte dos negócios que não participarem da Transformação Digital
31/08/2017

DES Madrid, principal evento de Transformação Digital do mundo.

Muitos me conhecem como homem de negócios do setor digital, mas hoje poderão conhecer a minha face de comunicador. Nessa semana estou no principal evento de Transformação Digital do mundo, em Madrid e tenho a obrigação – e prazer – de passar para o mercado digital brasileiro o que estou vendo por aqui.

O evento, que teve a sua primeira edição no ano passado com o nome Digital Enterprise Show, abre suas portas hoje com uma programação que supera expectativas e reúne temas que vão muito além da comunicação, do marketing e da publicidade. O DES – Digital Business World Congress, como foi denominado este ano, após passar por sua própria transformação.

DES Madrid 2017 reúne especialista e profissionais interessados na Transformação Digital


A conversa por aqui gira em torno do Digital como o centro, do Marketing como ponto de partida, e do Business como drive para a Transformação Digital por completo dentro das empresas. Estamos falando de Transformação dos Negócios em todas as áreas internas das empresas e todas as indústrias.

Já é claro que a indústria de comunicação, marketing e publicidade está anos-luz a frente de outras indústrias quando o assunto é digitalização. Por aqui, o foco do “Mastermind”, principal palco do evento, e mais um palco secundário – Digital Marketing Planet – tem o foco na nossa indústria de comunicação e marketing. 

Mas os outros oito palcos trazem temas que balizam a transformação digital em todas as indústrias, algumas vezes, com discussões amplas – para todos os segmentos de mercado – e muitas vezes de uma maneira totalmente segmentadas, discutindo as dificuldades e soluções em cada uma delas, de forma muito mais aprofundada.

Em seguida da nossa indústria, o setor de varejo é colocado como um dos mais avançados em aplicações de tecnologias e culturas digitais dentro das empresas, principalmente por conta do e-commerce, das implantações de tecnologias de big data que impactam diretamente nas vendas com a personalização do relacionamento com o consumidor, das automações de processos internos e de logística.

O próximo na lista dos setores muito impactados pela transformação digital é o bancário, seguido do automotivo. Os demais ainda possuem muito trabalho na direção da digitalização, mas estão todos de olho e trabalhando para que isso aconteça, afinal, o custo de não transformar é muito alto, tão quanto empresas que não inovaram e morreram ou perderam valor, tais como as gigantes Best BuyMacy’s e Sears que perderam bilhões em valor de mercado nos últimos 10 anos. 

Aqui no DES Madrid, as discussões por segmento são mais aprofundadas e permeiam pelos seguintes setores: Saúde, Automotivo, Esportes, Setor Público, Turismo, Entretenimento e, nos próximos dois dias de evento, passarão também por outras áreas.

Internet das Coisas, Inteligência Artificial e Robótica são alguns dos principais temas do DES Madrid 2017


O que mais me surpreendeu na curadoria foi a quantidade de temas relacionados a IoT (Internet das Coisas), AI (Inteligência Artificial) e Robótica. Muito além das empresas, o mundo está entrando em uma “revolução das máquinas” nunca vista. 

Não quis dizer que as máquinas estão se rebelando, muito pelo contrário, elas estão ficando inteligentes de verdade e ajudando os seres humanos nas mais diversas tarefas, desde a simples ação de ligar o forno à distância para ir assando o seu frango que o robô tirou da sua geladeira smart, até o eletrodoméstico que já pediu um novo frango no supermercado porque o seu hábito de consumo de frango durante os meses que precedem o verão é maior do que da carne vermelha, assim também como o seu tênis já entendeu que vai para o lixo mais cedo, afinal o corpinho precisa ficar pronto para o verão.

As empresas que estão liderando as transformações e levando conteúdo de qualidade para o palco são diversas, principalmente as consultorias e empresas de tecnologia, como Accenture Digital, Delloite Digital, KPMG, IBM, AWS, Intel, Siemens e Fujitsu. Mas o mercado das médias consultorias e de empresas de soluções tecnológicas para as transformações digitais também já está enorme e com alto nível de conhecimento e capacidade de transformar.

Autor: Flávio Horta - CEO / Founder do Digitalks

trans
forma
ções